top of page

Construindo a jornada do colaborador.




Por Jussara Freitas


No mundo dinâmico e interconectado de hoje, o perfil do colaborador sofreu uma transformação significativa, onde o salário deixou de ser a única fonte de motivação. O perfil dos colaboradores contemporâneos são agentes ativos de sua carreira, buscando não apenas emprego, mas também experiências significativas e oportunidades de crescimento.

A era em que as empresas podiam ditar unilateralmente a relação empregatícia ficou para trás, hoje, as pessoas também escolhem as empresas onde desejam trabalhar, as organizações que reconhecem essa mudança de paradigma têm uma vantagem competitiva ao atrair os melhores talentos. Nesse cenário, a construção da jornada do colaborador emerge como uma estratégia fundamental, dedicando atenção desde o primeiro contato até o desenvolvimento contínuo dos mesmos, possibilitando que as empresas não apenas atraiam os melhores talentos, mas que consiga retê-los de forma estratégica, fortalecendo sua marca empregadora. Alguns pontos cruciais precisam ser considerados, conforme abordaremos a seguir:


Integração e Onboarding:

A fase de integração e onboarding, é uma etapa importante, onde os novos colaboradores são introduzidos à cultura, valores e processos da empresa. Elaborar um programa de integração abrangente e estruturado, que auxilie os novos talentos a se sentirem bem-vindos, informados e pertencidos, facilita seu processo de adaptação e entrega de resultados mais rápidos.


Desenvolvimento e Crescimento:

A jornada do colaborador continua com o desenvolvimento e crescimento profissional. A importância de programas de treinamento e desenvolvimento contínuo, feedback construtivo e oportunidades de crescimento dentro da empresa, além de possibilitar entregas mais qualificadas em suas demandas, também aumenta a retenção e o engajamento.


Engajamento e Retenção:

Além dos pontos mencionados anteriormente, para manter o engajamento e a retenção de colaboradores, é necessário explorar estratégias de motivação e qualidade de vida no trabalho, mantendo o corpo funcional conectado e comprometido com a empresa a longo prazo, sendo de suma importância o reconhecimento, equilíbrio entre vida pessoal e profissional, e uma cultura de apoio e inclusão.


Podemos concluir, que a jornada do colaborador é contínua, começa desde o primeiro contato, seguindo ao longo de todo o ciclo de carreira do colaborador. Ao priorizar uma experiência positiva em todas as etapas, as empresas podem atrair e reter talentos, e criar um ambiente de trabalho onde todos possam prosperar e contribuir para o sucesso mútuo.

4 visualizações

コメント


bottom of page