top of page

O papel do RH na Marca Empregadora




Por Jussara Freitas


No mundo dos negócios, o conceito de marca empregadora se tornou cada vez mais relevante, mas o que exatamente significa este termo? De forma simples, a marca empregadora é a percepção pública que os talentos potenciais e atuais têm sobre uma empresa como local de trabalho, ou seja, a sua reputação.

Assim como uma marca de produtos ou serviços, a marca empregadora influencia diretamente a atração e retenção de talentos, redução de custos com recrutamento e seleção e melhoria no clima organizacional.


E qual a responsabilidade do RH na Construção da Marca Empregadora?


O departamento de Recursos Humanos (RH) desempenha um papel fundamental na construção e manutenção de uma marca empregadora forte. Aqui estão algumas maneiras de atuação deste setor:


Desenvolvimento da cultura organizacional: O RH é responsável por promover as diretrizes organizacionais, ou seja, transmitir sua missão, visão, valores, conduta e ética, isso inclui desde a definição de políticas de comportamento até a organização de eventos e iniciativas que reforcem essa cultura.


Comunicação clara e transparente: A comunicação interna e externa deve ser clara e alinhada com a identidade da marca empregadora, usando uma linguagem que represente a empresa, desde os anúncios de vagas até a comunicação durante o processo de onboarding e suas ações de endomarketing.


Experiência do candidato e do colaborador: O RH deve garantir que o processo de recrutamento seja uma experiência positiva para todos os candidatos. Além disso, é essencial cuidar da jornada do colaborador, fazendo um acompanhamento minucioso desde sua integração, de sua permanência na empresa até seu desligamento.


Benefícios e reconhecimento: Oferecer um pacote de benefícios atraente e sistemas de reconhecimento e recompensa que valorizem os funcionários são aspectos cruciais para fortalecer a marca empregadora.


Engajamento e bem-estar: O bem-estar dos funcionários deve ser uma prioridade. Programas de bem-estar, equilíbrio entre vida profissional e pessoal e iniciativas de engajamento contribuem para uma percepção positiva da empresa.


Feedback e melhoria contínua: RH deve estar sempre aberto a ouvir os funcionários e fazer melhorias baseadas em feedbacks constantes. Isso demonstra que a empresa valoriza e se preocupa com o seu pessoal.


Podemos concluir que a marca empregadora é um ativo intangível de enorme valor para qualquer empresa. O departamento de RH, com suas diversas funções e responsabilidades, está no centro da construção e fortalecimento dessa marca. Em um mercado competitivo, investir na marca empregadora é a melhor estratégia de marketing para o futuro da empresa.

12 visualizações

Commentaires


bottom of page