top of page

A pergunta



Adquira o livro lindo da Luana na pré-venda com frete grátis.


Coluna:


Por Luana Moura


Eu me sentia confortável. Julguei estar segura, na companhia de amigos, ninguém ali faria alguma pergunta besta ou inapropriada. (Será mesmo?).


Quando, de repente, sem que eu pudesse me preparar para aquilo, a pergunta surgiu:


"Você é normal por dentro?".


Pisquei. Eu devia ter ouvido errado. Não era possível.


- Como assim? - perguntei.


- Você é igual a nós por dentro? - ela conseguiu piorar a pergunta.


Só o fato de ela ter questionado a minha "normalidade" já era absurdo. Mas ela a questionou internamente... Ou seja, externamente, ela tinha certeza de que não.


Sendo sincera, até hoje não sei o que ela quis perguntar.


Murmurei um "sim" murcho, constatando que a humanidade tinha muito a evoluir.

10 visualizações

Comentarios


bottom of page